Leitura - 2min

Escola é lugar de Filosofia

A mãe de todas as ciências traz conceitos milenares que podem ser aplicados na prática

A busca pelo sentido da vida faz parte das questões que permeiam a existência humana há muito tempo. Afinal, quais são os motivos que nos levam a gostar ou não gostar de algo? O que pode ser considerado bom ou mau? Quais minhas origens e para onde vou? Essas indagações fazem parte do pensamento filosófico que, se trabalhado na escola, serão muito positivas para o desenvolvimento intelectual dos alunos.

Estimular o pensamento crítico e a reflexão acerca de si e do mundo são algumas das atribuições que o ensino da Filosofia desenvolve. Com uma história de mais de 2.500 anos, esta é considerada até hoje a mãe de todas as ciências. Por se tratar de um produto de questionamento, acabou sendo o gatilho para o surgimento da Matemática e da Astronomia, por exemplo.

“A Filosofia traz conceitos milenares que são mais atuais do que nunca”, sublinha Alailson de Oliveira, professor de Filosofia do Colégio Marista Santa Maria, localizado em Curitiba. Entre as ideias básicas, três norteiam o pensamento filosófico: a conceituação, a reflexão e o senso crítico.

Filosofia na prática

A conceituação é uma atividade cognitiva fundamental por meio da qual o ser humano organiza e representa seu conhecimento da realidade. A reflexão é o movimento pelo qual o pensamento volta-se para si mesmo, interrogando a si próprio. Oliveira salienta que refletir é essencial para discutir conceitos existenciais olhando para além de cenários prontos, evitando valores pré-fixados.

Por fim, há a crítica, pela qual é possível depurar a realidade para que ela possa ser analisada sob outras óticas. “É também o conceito mais ausente atualmente, pois vemos a população repassar ideias irrefletidas sem análise crítica”, avalia Oliveira. Ao praticar esses conceitos, destaca o professor, temos uma atitude filosófica em relação ao que recebemos do mundo, e assim, construímos uma realidade responsável e cidadã.

O professor lembra que os conceitos trabalhados em sala de aula serão aplicados na prática em muitos momentos da vida. “Vou precisar de noções de ética quando for ao supermercado e não tiver vaga e, a minha atitude nessa situação tem muito a ver com a Filosofia”, diz Oliveira. Ele completa lembrando que a grandeza da Filosofia é preparar o aluno para a experiência reflexiva, conceitual e crítica.

 

Noticias Relacionadas:

Outras noticias relacionadas à: Adolescência

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas