Leitura - 1min

Aprendizagem colaborativa traz tecnologia para a sala de aula

Peer-instruction estimula a construção do conhecimento em duplas

Aprender Matemática de forma dinâmica e colaborativa. Essa é a proposta do método peer-instruction (ou aprendizagem por pares), uma forma diferente de avaliar que valoriza a habilidade de cada criança, favorecendo a construção de conhecimento em duplas. Um dos princípios é o caminho percorrido para o aprendizado, que vai além da transferência de informações e coloca o aluno como protagonista desse processo.

O método foi criado pelo físico holandês Eric Mazur, em 1991, após perceber que a forma de ensino que estava sendo praticada não tinha engajamento. Assim, Mazur buscou uma nova solução, que incentivasse o aluno por meio da interação social e o estudo fora da sala de aula. Em seu livro, Peer Instruction – A Revolução da Aprendizagem Ativa, o autor reconhece que a área de exatas é, frequentemente, uma das maiores barreiras na trajetória acadêmica de um estudante.

Dez anos após Mazur conceber o método, foi publicada uma análise no American Journal of Physics intitulada Peer Instruction: Ten years of experience and results, sobre os primeiros resultados práticos da ação. A pesquisa demonstrou que os alunos que têm acesso ao sistema ganham habilidade na resolução de problemas e têm mais compreensão dos assuntos em comparação ao método tradicional.

Na prática

Pensando como poderia tornar mais atrativas as aulas de matemática e facilitar a resolução de problemas, a professora de matemática do Colégio Marista Londrina, Marília Meletti de Abreu Probst, aplicou o método neste semestre em quatro turmas de 8º ano. “Uma dificuldade constante dos alunos é a resolução de problemas. A aprendizagem por pares os estimula e gera um sentimento muito forte de partilha e colaboração entre os colegas”, afirma.

Com o peer-instruction, o desenvolvimento do raciocínio leva em conta a realidade tecnológica, por isso utiliza como meio de aprendizado uma plataforma virtual, chamada Blackboard. Por meio dela, o aluno acessa o conteúdo da avaliação. No caso da atividade proposta, cada dupla recebe um iPad que contém quatro exercícios para serem solucionados em um tempo determinado.

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas