Leitura - 2min

Quais os benefícios das férias escolares?

Propor um ritmo diferente de atividades é a melhor opção para aproveitar o período de descanso

As férias são um período de descanso, tanto para o corpo como para a mente. Um tempo para o lazer, para viver novas experiências, estreitar laços familiares e criar memórias duradouras. É um momento também para que crianças e jovens estimulem a criatividade, imaginação, autonomia e outras habilidades sociais essenciais para o desenvolvimento.

Ir ao cinema, passear no shopping, em parques e praças e programar atividades em grupo são boas opções para desenvolver essas habilidades. Porém, é preciso cuidado para não sair completamente da rotina, o que não é considerada uma opção saudável, segundo especialistas. Algumas atividades básicas do dia a dia devem ser preservadas, como os horários de tomar café da manhã, brincar, almoçar, tomar banho, jantar e dormir.

Rotina é importante para as crianças

“As crianças se sentem seguras sabendo o que vai acontecer. Alterar significativamente a rotina de horários e do sono nas férias, por exemplo, pode interferir no bom funcionamento do organismo e até mesmo no aproveitamento desse período”, explica a orientadora pedagógica do Colégio Marista Asa Sul, Sara Azevedo.

Um bom exemplo de atividade que não pode ser deixada de lado durante as férias é a leitura de um bom livro. É algo que deve ser incentivado para aproveitar o tempo disponível. Participar de colônias de férias é outra opção, especialmente se o objetivo é a socialização. O segredo é não engessar esse período, mas propor um ritmo interessante, flexível, a fim de que seja devida e ricamente aproveitado.

As férias devem se caracterizar como um período de descanso, de lazer e de novas experiências. Um período em que as crianças possam estreitar laços familiares, viver a infância, desenvolver competências sociais que estimulem a criatividade, a autoestima, a imaginação e a autonomia, entre tantas habilidades essenciais para o seu desenvolvimento.

 

Notícias Relacionadas:

Outras notícias relacionadas à: Adolescência

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas