Adolescência

Saiba como manter os laços de amizade na pandemia

Share on whatsapp Pinterest LinkedIn Tumblr

Tecnologia pode ser uma aliada para aproximar crianças e adolescentes dos amigos

Mesmo que todos saibam que é essencial ficar em casa durante a pandemia, a distância física de amigos e familiares pode ser extremamente difícil para manter os laços de amizade. Crianças e adolescentes não estão imunes, por isso é importante garantir a interação com outras pessoas para o bem da sua saúde mental e emocional.

Os adolescentes contam com a tecnologia para amenizar a distância. Instrumentos que já utilizavam em seu cotidiano, como redes sociais e vídeo chamadas, facilitam essa interação, mas não suprem a falta do contato físico e as trocas de afeto entre eles.

Em contrapartida, a criança, que depende da ajuda ou monitoria de seus responsáveis para acessar dispositivos, tem a interação com os amiguinhos mais restrita. E ainda, por não terem a autonomia necessária para manter esse contato, dependem muito da atenção do adulto que a acompanha.

“Neste momento, acredito que se a criança for estimulada a brincar, usar sua imaginação, criatividade, contar histórias, mesmo com os seus pais, esse distanciamento não será tão prejudicial”, explica a orientadora pedagógica do Colégio Marista Ribeirão Preto, Heloisa Saab Riscala Leite.

Apesar de estarem sentindo a ausência dos amigos e da escola, a orientadora lembra que, por não terem muita noção de tempo, as crianças tendem a se adaptarem com mais facilidade às mudanças.

Quais os benefícios de manter o contato com os amigos?

A interação com o outro é de extrema importância para o desenvolvimento socioemocional do ser humano. Por meio dessas relações desenvolvemos e consolidamos habilidades importantes para a vida, nos fortalecemos como indivíduos, aprendemos a confiar em nós mesmos e não temer o mundo. Ou seja, precisamos do contato com amigos para viver bem.

Em casa, os pais podem propor brincadeiras entre os irmãos e, no caso de filhos únicos, é especialmente importante a atenção dos cuidadores.

“Com isso, eles vão se sentir acolhidos e talvez não notem tanto o isolamento social, mas se o ambiente não favorece, o impacto será bem maior”, observa a orientadora.

Independentemente de ser filho único ou não, é preciso estar atento aos sinais que as crianças e adolescentes expressam, principalmente neste momento de pandemia. É normal que em alguns momentos apareçam sentimentos de solidão e tristeza, porém é essencial proporcionar às crianças e adolescentes uma base segura, que traga afeto e atenção e estimule a autonomia.

Veja cinco maneiras de manter a interação durante a pandemia:

Chamada de vídeo

Esta é uma maneira ideal de se conectar com parentes e amigos que não moram em sua casa. Mesmo à distância, é possível promover um momento de encontro para conversar e mostrar um pouco de como está sendo o cotidiano.

Messenger Kids

O Messenger Kids do Facebook é uma maneira fácil e segura para as crianças baterem papo com os amiguinhos por conta própria. Você pode entrar em contato com pais de confiança dos amigos de seu filho para estabelecer uma conexão. A melhor parte desse recurso é que se torna possível controlar totalmente a experiência. Além de saber com quem o filho está falando, os pais podem ver todas as mensagens. Esta é uma ótima maneira de dar às crianças a liberdade de interagir com seus amigos socialmente, enquanto estão protegidas de muitos dos perigos e armadilhas online mais comuns.

Cartas

Enviar cartas aos amigos é outra maneira de manter a proximidade, de uma maneira criativa. As crianças ainda podem aprender sobre a dinâmica de escrever uma carta e enviar pelo correio, uma nova experiência nesta era de mensagens de texto.

Aulas Virtuais

Ver professores e colegas da escola é uma boa maneira de se relacionar socialmente. Esta também é uma boa opção para estabelecer uma rotina e continuidade que pode ser reconfortante e tranquilizadora para as crianças.

Jogos

Embora você possa não querer que seus filhos passem muito tempo jogando videogames, certos jogos oferecem a oportunidade de interagir com os amigos. Para crianças em idade escolar, você pode procurar jogos como Roblox, Maker 2 e Mario. Crianças mais velhas podem aproveitar o Minecraft e o Fortnite.

Os comentários estão desativados.