Leitura - 2min

“Skimming” pode ajudar na leitura de textos em inglês

Técnica permite identificar rapidamente o sentido geral do texto

É comum que algumas pessoas tenham dificuldade em aprimorar as técnicas de leitura em inglês. Os motivos que atrapalham esse aprendizado vão desde a ausência de prática, o pouco tempo e até a falta de ânimo. Seja qual for o caso, existem técnicas que podem ajudar a melhorar a leitura. Uma alternativa é o skimming, que pode auxiliar na compreensão da ideia geral de um texto.

Essa técnica permite identificar rapidamente o sentido geral do texto, não sendo necessária a leitura de cada palavra. Costuma-se recorrer ao skimming quando há um grande volume de texto para ler em pouco tempo, pois desta forma, é possível tornar a leitura três a quatro vezes mais rápida do que a convencional.

Como funciona o skimming?

Com diversos fins, o skimming é utilizado mesmo que o leitor não se dê conta. Um bom exemplo é quando se visita museus. Há diversas obras e informações sobre elas expostas ao longo da mostra. Se cada pessoa resolvesse ler cada palavra e se atentar a cada detalhe, provavelmente a visita demoraria dias. Na prática, os visitantes passam os olhos de forma rápida e genérica, contextualizando a exposição que está sendo visitada. “Essa visualização mais abrangente se equivale ao skimming na leitura de textos em inglês”, explica a professora de inglês do Marista Idiomas do Colégio Marista Santa Maria, em Curitiba, Jamile Dabul.

A professora afirma que os benefícios do skimming são para todos os estudantes, independentemente do nível de leitura de cada um. Isso porque, adotando o método, o leitor pode ter sua ansiedade bastante reduzida, pois terá o domínio de informações relevantes sem ter investido tanto tempo na leitura completa de um texto. “Isto pode auxiliá-lo a responder questões de interpretação textual que não requeiram detalhes específicos”, explica.

Na língua inglesa, o skimming pode ser realizado da seguinte forma:

  1. Atentar para a estrutura do texto e como ele está disposto no papel.
  2. Observar o formato do texto, se é uma entrevista, uma história, uma receita, um e-mail, uma carta ou um artigo de revista.
  3. Observar e analisar as imagens, caso existam.
  4. Ler os títulos e subtítulos. Há muita informação aqui. Pode ser a respeito do autor e de sua área de atuação, objetivos principais ou se há uma conclusão explícita contida ali, por exemplo.
  5. Ler as palavras iniciais e finais dos parágrafos, a fim de ter um panorama geral sobre o conteúdo.

Noticias Relacionadas:

Outras noticias relacionadas à: Adolescência

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas