Leitura - 4min

Como serão as profissões do futuro?

Muito ouvimos sobre as mudanças que estão acontecendo no mundo e tornando o mercado de trabalho um novo cenário a cada dia. São novos perfis, novas profissões – muitas das quais ainda nem se conhece ou se pode prever. Além das novas maneiras de pensar e se comportar das crianças e jovens, esses que, muito em breve, vão ocupar os lugares dentro das empresas. As que existem e as que ainda vão existir, se possível, criadas por eles mesmos.

Mas afinal, de que mudanças específicas estamos falando? Quais características serão necessárias para ocupar os novos cargos? Onde buscá-las?

Desafios do profissional do futuro

 

Quais são as características do profissional do futuro?

Pesquisamos essas informações para você se preparar e/ou ajudar seu filho(a) para esse futuro que, como estamos vendo, já está aqui:  

  • Pensamento multidisciplinar porque são multiconectados
  • Possuem consciência ambiental e social devido ao mundo confuso que se apresenta a volta deles
  • Buscam experiência, não posses
  • Não almejam carreiras, mas uma vida com propósito

Mas, se máquinas assumem trabalhos mecânicos e a Inteligência Artificial ocupa muitos lugares de cérebros nesse século, como aplicar todas essas características para não se tornar obsoleto e superar o que robôs serão capazes de executar?

  • Não ter medo de tomar decisões. Mas bom senso para escolher o melhor caminho.
  • Capacidade para expor uma grande quantidade de ideias. De forma livre e criativa visando uma boa fluência.
  • Capacidade contínua de aprendizagem. Tanto para si, quanto para os co-workers.
  • Criatividade. Para ver situações de forma nova e também para resolver problemas novos de formas novas.

Já existe uma previsão de quais, afinal, serão as profissões capazes de abranger todas essas mudanças?

Não exatamente. Mas as áreas, assim como insights de como gerenciar uma combinação de diversas delas, sim.

  • Especialistas em aumentar a expectativa de vida do ser humano.
  • Designers de experiência imersiva que criam conteúdos para novos tipos de mídia.
  • Profissionais da educação e do bem estar possuem uma perspectiva maior de não sofrerem tanto o impacto da automação
  • Carreiras ligadas à sustentabilidade, menor impacto ambiental, redução e direcionamento correto de resíduos, além do setor de energia.
  • Marketing, e-commerce e relacionamento com clientes
  • Especialistas de dados em nuvens
  • Inteligência Artificial

Profissões: novas soluções para antigos problemas

Para a professora de Marketing e Comunicação, especialista em Gestão Empresarial, Daniella Rebelo, o que vai ampliar as oportunidades de atuação no mercado de trabalho é a necessidade resolver os problemas que temos hoje e os que ainda vão surgir.

“Tentando dar uma olhadinha ali no amanhã, a gente já consegue ver alguns sinais no que tange reaproveitamento de recursos. Aí podemos pensar em engenharias ligadas não só a melhor aproveitamento de recursos naturais, mas também com relação ao lixo, como diminuir e/ou usar melhor o que temos disponíveis. Novos serviços que facilitem ainda mais a vida das pessoas, como os aplicativos de pessoas que podem cuidar dos pets, vamos pensar então de alguém que vai cuidar das plantas, por exemplo. A própria moda ainda tem muito a evoluir. Já li que se parássemos hoje toda e qualquer produção têxtil, teríamos roupas para os próximos 30 anos! Então, o que quero dizer é que talvez não conseguimos ainda prever exatamente quais profissões vão existir, mas já podemos entender que traremos novas soluções para antigos problemas”.

O que conseguimos enxergar, avaliando todos esses dados, é que cada vez mais a capacidade de ter carisma, generosidade e empatia, além da preocupação com o planeta e o bem-estar da sociedade, serão cada vez mais essenciais.

Fontes: Data Viz, O Futuro das Coisas, Future Skills e Revista Exame.

Noticias Relacionadas:

Outras noticias relacionadas à: Carreira

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas