Infância

Ansiedade da alfabetização: como lidar?

Share on whatsapp Pinterest LinkedIn Tumblr

Respeitar o tempo de cada criança é essencial para um aprendizado de qualidade e evitar a ansiedade da alfabetização

Entre todos os desafios que surgiram com a pandemia, lidar com o processo de alfabetização dos filhos é um dos que mais geram ansiedade nas famílias. É natural a preocupação dos pais com a aprendizagem, especialmente neste momento, em que as aulas presenciais ficaram suspensas por um grande período e muitas crianças perderam a rotina de estudos diários. Qual é a melhor forma de agir neste momento?

Primeiro, é preciso lembrar que a fase da alfabetização representa um dos momentos mais interessantes da trajetória escolar da criança. É uma época de muitas descobertas que podem e devem ser vivenciadas por toda a família. Então, é aconselhável mostrar apoio e evitar demonstrar preocupação excessiva na frente dos filhos, para não influenciar no desenvolvimento e evolução do processo. Vale lembrar que toda nova habilidade requer tempo e prática e com a alfabetização acontece a mesma coisa.

Como ajudar os filhos neste momento?

Um fator que pode ajudar os pais neste sentido é ter consciência de que cada criança tem um tempo de aprendizagem que deve ser respeitado.

“A aprendizagem da leitura e da escrita depende do passo a passo, do incentivo, da paciência e de atividades como brincadeiras e jogos”, sugere a orientadora pedagógica do Colégio Marista Frei Rogério, Josiane Olivo Arruda. 

Os pais podem começar encorajando os filhos e incentivando-os a ler palavras, frases e pequenos textos. Aos poucos, é possível desafiá-los a avançar e ler textos um pouco maiores. A coordenadora de Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Marista Pio XII, Cibele B Guaringue, ressalta que manter uma rotina de estudos no período que a criança está em casa também ajuda no aprendizado, assim como contar histórias, incentivar a escrita de bilhetinhos para a família e propor jogos da memória. 

Veja outras dicas de como auxiliar no processo de alfabetização:

– Leia para a criança: o hábito de contar histórias ajuda os filhos a se interessarem pela leitura e a terem vontade de aprender.

– Inclua o filho no preparo de receitas: fazer a lista de ingredientes é uma boa maneira de aprender palavras novas e treinar o vocabulário.

– Seja presente: é importante se interessar pelo processo de aprendizagem, acompanhando a criança e estando atento para cada passo avançado.

– Valorize as pequenas conquistas: mesmo que a criança não aprenda a ler de uma hora para outra, elogie quando ela aprender a identificar uma letra nova e a formar alguma palavra. Isso trará segurança e autoconfiança.

– Invista em caça-palavras: alguns jogos verbais são super interessantes para ajudar a criança a identificar letras e palavras.

– Seja modelo de leitor: pais que têm o hábito de ler demonstram para os filhos o prazer da leitura e acabam incentivando as crianças a se interessarem pelos livros.

Os comentários estão desativados.