Comportamento

Como falar sobre mudanças climáticas de forma prática com crianças

Share on whatsapp Pinterest LinkedIn Tumblr

Com pequenas atitudes do cotidiano, é possível ajudar a manter uma relação equilibrada com o meio ambiente

Muitos pais querem explicar para as crianças o que é a mudança climática, mas pode ser um pouco desafiador traduzir esse assunto para uma linguagem compreensível. Então, qual é a melhor forma de explicar sem assustá-los? 

Confira algumas sugestões para compreender os fundamentos da mudança climática, explicar aos filhos e vivenciar a Semana do Meio Ambiente na prática. 

Explique cientificamente

Primeiro, é preciso compreender o que é a atmosfera. Explique para o seu filho que a atmosfera envolve a Terra e nos protege dos raios mais fortes do sol e do frio do espaço, ajudando a manter a temperatura equilibrada. Porém, nos últimos 150 anos, houve um aumento dos níveis de gases de efeito estufa. 

Uma dica para trazer esse aprendizado para a prática com o seu filho é pedir que ele liste todas as coisas da casa que precisam de energia para funcionar (como geladeiras, TVs, computadores). Depois, explique que a energia vem da queima de carvão, gás natural e petróleo, que libera gases de efeito estufa que, em excesso na atmosfera, aquecem o planeta, modificando o clima. Assim, fica mais fácil entender porque o nível de emissão aumentou tanto.

Explicando o problema

Observar o clima é importante para entender sobre as mudanças climáticas. Você pode sugerir ao seu filho que, juntos, anotem sobre as condições meteorológicas das estações do ano e perceber se houve alguma mudança significativa, como calor no inverno, falta de chuva em alguns lugares e excesso em outros. Um clima com calor em excesso pode significar mais incêndios florestais, por exemplo, inundações de geleiras derretidas e tempestades mais fortes. 

Explicando a solução

Esses fatos podem incentivar as crianças e adolescentes a se envolverem mais com as questões ambientais e sentirem que as mudanças do cotidiano podem fazer a diferença. Colocar em prática em ações simples, como evitar consumir mais do que precisa, separar o lixo, economizar luz e água, tentar colocar cisterna ou barril para reaproveitar a água da máquina de lavar roupas ou recolher água da chuva são algumas ideias.

“Quando vê o exemplo dos pais, o filho vai colocar isso em prática. É importante também ouvir o que os filhos têm a dizer, acolher as suas sugestões. Assim, estamos no caminho certo para construir um cidadão global”, lembra a professora de Ciências e Biologia do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, Natália Pellegrini.

Por fim, mostre às crianças como influenciar outras pessoas – elas podem passar esses conhecimentos para amigos, familiares e vizinhos. Assim, pequenas atitudes se propagam do micro pro macro e farão a diferença para o planeta.

Que tal ter uma experiência divertida que alia reciclagem e natureza? Baixe o e-book e aprenda a fazer papel semente!

    Os comentários estão desativados.