Infância

O que é cidadania digital?

Share on whatsapp Pinterest LinkedIn Tumblr

Veja 5 formas de ensinar as crianças a serem seguras online 

Agir com cidadania é importante em qualquer setor da vida, no ambiente digital não é diferente. Para tornar esse aprendizado parte do cotidiano, é essencial que os pais o tragam para a rotina dos filhos, ensinando desde cedo o que é ser um cidadão digital. Mas o que é exatamente cidadania digital?

Cidadania digital é o comportamento adequado para ser adotado nos ambientes digitais. Alguns especialistas em educação adotam a cidadania digital como um conjunto de elementos que compõem o bom comportamento no ambiente online. 

“De maneira geral, assim como adotamos práticas, condutas e comportamentos no mundo fora da internet, a cidadania digital é justamente estabelecer condutas adequadas para o usuário”, explica a especialista em mídias sociais e negócios na internet, Fernanda Musardo.

Como ensinar as crianças a serem cidadãs digitais?

Os pais podem começar explicando que mesmo em um ambiente onde não necessariamente você vê a outra pessoa (como a internet), o respeito e a empatia precisam ser a base de qualquer ação online. É necessário explicar que o ambiente digital é composto de softwares, mas que existem seres humanos do outro lado da tela, e que estes podem ser pessoas de bem, como podem não ser. Ou seja, as crianças precisam compreender que, mesmo em um ambiente aparentemente seguro, é preciso estar atento e ter o acompanhamento dos pais para evitar qualquer perigo.

Controlar o tempo de uso das telas é importante?

Ensinar os filhos sobre quando devem permanecer conectados e quando desligar seus dispositivos é outro componente importante da cidadania digital. Ou seja, eles precisam saber que os aparelhos devem ser guardados em determinados momentos. É essencial conversar com eles sobre quando gostaria que eles deixassem o telefone de lado para estar totalmente presentes em alguma atividade ou momento familiar. Como responsável, certifique-se de estar sendo modelo de uma boa saúde digital também.

De que forma agir para garantir a segurança dos filhos?

Presença e participação são fundamentais para criar um ambiente seguro na internet para os filhos. “Os pais e responsáveis precisam estar presentes, pertencer aos ambientes, entender do funcionamento. Precisam dominar as ferramentas e parar de delegar atenção e educação de seus filhos para as telas”, ressalta Fernanda.

Confira cinco formas de exercer a cidadania digital:

  1. Converse com o seu filho: gastar saliva explicando a todo momento sobre os perigos, como é importante se manter seguro e com privacidade, mesmo online. 
  2. Mostre casos reais: conte sobre situações que acontecem no mundo, principalmente aqueles com crianças e adolescentes. Isso torna a compreensão mais “palpável”. 
  3. Adote as regras da família: é possível usar os princípios da família sobre o que é permitido e o que não é. Estabelecer as consequências de quebras destas regras e fazer o uso de sistemas de controles parentais é fundamental.
  4. Ensine a identificar fraudes: adolescentes precisam aprender a evitar conteúdos online suspeitos. Ensine os seus filhos a analisar informações e perceber links maliciosos para não cair em roubada. Como pai, aprenda sobre fraude na Internet, phishing e outros golpes.
  5. Mostre as configurações de privacidade: você pode ensinar seus filhos a usar as configurações de privacidade e apenas compartilhar suas informações com pessoas que eles conhecem pessoalmente. Revise regularmente esses dados e explique por que é preciso alterar configurações específicas para a segurança digital.