Leitura - 2min

Robótica na sala de aula? Isso já é uma realidade!

Trabalho em equipe e superação são necessários para o desenvolvimento de projetos

Entre as atividades tecnológicas que integram o universo da educação, a robótica ocupa um lugar especial. Além de cativar os estudantes pelas possibilidades de criação envolvidas com o processo, a robótica educacional proporciona outros benefícios como o estímulo ao trabalho em equipe, à pesquisa e a perseverança. Esses aprendizados envolvem tanto crianças e adolescentes e vão contribuir no desenvolvimento de habilidades no futuro.

Práticas dinâmicas

Fazendo uma ligação entre outros conteúdos estudados em sala de aula, a robótica interage por meio de práticas dinâmicas e relevantes que podem ser aplicadas fora do ambiente escolar.

“Todas as disciplinas podem se aproveitar da robótica educacional como um momento de experimentação de conteúdos estudados”, ressalta o professor responsável pelo projeto de robótica do Colégio Marista Anjo da Guarda, em Curitiba (PR), Marcelo Gasparin.

Podem ser desenvolvidos projetos simples, como protótipos feitos com materiais de sucata ou peças de lego aliados a motores e sensores, que possibilitam a montagem de robôs com várias funções. Os estudantes partem de conhecimentos prévios para criar situações para serem solucionadas, incentivando a reflexão. O processo de aprendizagem dá importância ao planejamento e execução de projetos. Assim, se vivencia o trabalho em grupo, favorecendo a troca de saberes e o encontro de soluções autênticas.

Aprendizado multidisciplinar

A resolução de problemas, por exemplo, é uma das habilidades desenvolvidas com a prática da robótica que pode ser aplicada em diferentes áreas. Essas aptidões podem ser aplicadas tanto para relembrar o que já foi estudado quanto para instigar algum projeto de pesquisa e experimentação.

Quando entram em contato com uma experiência como essa, os estudantes vivenciam conceitos matemáticos e físicos, mas também aprimoram as suas capacidades mentais e de raciocínio lógico. A coordenação motora também é uma habilidade muito necessária para a robótica, além da busca constante em se superar. O desenvolvimento dessas competências vai ser benéfico para a vida toda e pode influenciar, inclusive, na escolha da profissão.


 

Notícias Relacionadas:

Outras notícias relacionadas à: Inovação na sala de aula

Deixe aqui suas sugestões, elogios ou críticas